31.07.2017


Dia dos Pais - Tio Bákinas


E aí, sobrinhos.

O dia dos pais está chegando (13/08) e o Tio pensou numa parada massa pra todo mundo!

Sabe aquela foto de quando você era criança – ou de quando era adolescente – que tirou com seu paizão e que tem muito valor pra você? Que tal refazê-la?

Tá lançado o desafio! Recrie uma foto antiga sua com seu pai, nos dias atuais. Procure utilizar elementos semelhantes ao da foto antiga (ou até os mesmos), como roupa (de mesma cor, por exemplo), móveis, penteado... tudo que tiver direito para deixar a foto o mais perto possível da original.

Depois de ter refeito a foto, comente no post oficial da campanha, a foto com o antes/depois. O Tio ainda vai dar uma ajudinha: para que todos possam aproveitar o dia dos pais se divertindo nessa brincadeira, o post oficial para participação vai ao ar no dia 09 (quarta-feira). Os comentários que tiverem mais reações (like, amei, haha, uou, triste ou até mesmo o grr) ganharão uma premiação espetacular! Tá curioso? Então se liga:

1 - O 1º mais ‘votado’: ganhará Bák Gigante até o fim do ano para ele e seu paizão, por conta do Tio, sendo dois (um pra cada) por semana.

2 - Outros dez melhores colocados (do 2º colocado até o 11º), juntamente com seus pais, ganharão uma hamburgada coletiva do Tio, com os sandubas, Franguitos, batata e refri a vontade. Tudo por conta do Tio! Cê pira?

O resultado sairá no dia 21 (segunda-feira) e a gente vai divulgar os vencedores em nosso Facebook.

Para validar sua participação, explique no texto do comentário o porquê daquela foto ser especial pra você e curta a página oficial do Tio Bákinas.

E outra: valorizamos o verdadeiro significado de pai! Se você cresceu ou foi criado(a) por alguma outra personalidade que tenha exercido o papel de pai (como um tio, um irmão mais velho, um avô ou "pãe") explique no texto do comentário, que tá valendo também! Valeu? Falow?

Após o resultado, o Tio entrará em contato com cada um dos vencedores para acertar tudo certinho (procedimentos e datas).

Então, queridos sobrinhos, mão à obra!

voltar